KING EDGAR PALACE

O PROJETO

 
    • O King Edgar Palace é um projeto de publicação de um romance fix up, cujo intuito é a valorização dos autores que já publicam em coletâneas da Andross Editora. Antes do Palace, houve o Hotel: King Edgar Hotel, que foi o primeiro romance fix up da Andross. Mas afinal de contas o que significa esse termo?
 
    • Fix up são histórias independentes que se passam num mesmo cenário, num mesmo ambiente ou com personagens interligados ou frequentes.
 
    • A ideia do projeto partiu de uma conversa do editor Edson Rossatto com o escritor e organizador de coletâneas Alfer Medeiros. Eles se perguntaram como os autores em formação que já publicavam nas coletâneas da editora poderiam ser desafiados a produzir histórias mais elaboradas. A escritora Lara Luft foi convidada a fazer parte do projeto como organizadora. O resultado foi o King Edgar Hotel, lançado em maio de 2015.
 
    • Em pouco tempo o livro se esgotou, e a cobrança por uma continuação foi crescendo. Finalmente conseguimos colocar em prática esse projeto, novamente audacioso, com lançamento para outubro de 2017.
 
    • Contamos com sua história nesse livro cheio de medos, mistérios e horrores.
 

CAPA E SINOPSE


O Mal nunca morre... Mesmo depois do evento que destruiu o King Edgar Hotel — segundo notas oficiais, foi um infeliz acidente com as caldeiras — o empreendimento foi reconstruído em tempo recorde. Agora surge o majestoso e moderno King Edgar Palace, construído sobre os escombros de seu antecessor. Um edifício moderno e bem diferente da obscuridade de outrora, o hotel se apresenta como um ponto de revitalização do centro velho de São Paulo. Porém, a essência maligna foi mantida: seus proprietários almejam objetivos soturnos. No interior de suas paredes se desenrolam acontecimentos surreais e tenebrosos. Hospede-se nesta maravilha da arquitetura moderna, onde uma maldade ancestral ainda pulsa imortal e incansável.

 

REGULAMENTO DE PARTICIPAÇÃO:

 
  • Esta coletânea será publicada de forma colaborativa, ou seja, os autores se comprometem a vender 20 exemplares do livro ao custo unitário de R$ 21,90 em um período de 30 dias contados a partir do lançamento do livro, que será em outubro de 2017.
 
  • O conto deve ter até 10.000 caracteres com espaços para ter a cota explicada no item acima. Caso o texto seja maior, a cota será recalculada: de 10.001 a 15.000 caracteres = 30 livros; de 15.001 a 20.000 caracteres = 40 livros, e assim sucessivamente.
 
  • Pela publicação de seu conto, o autor receberá como direitos autorais 1 (um) exemplar desse livro.
 
  • O autor interessado em publicar nesse livro PRECISA já ter publicado anteriormente em pelo menos uma coletânea da Andross Editora.
 
  • O autor deve escolher em uma das abas abaixo o número do quarto no qual se passará sua história e imediatamente reservá-lo diretamente com os organizadores do livro Alfer Medeiros ou Lara Luft pelos emails alfer@andross.com.br e lara@andross.com.br.
 
  • Deadline para definição da ideia do conto: 15 de março de 2017
  • Deadline para finalização do conto: 15 de maio de maio de 2017
  • Deadline para últimos ajustes: 15 de junho de 2017
  • História

    A história do King Edgar Palace é marcada por mistérios, horrores e acidentes inexplicáveis. Acompanhe ...

    Saiba mais
  • Localização

    Centro velho da cidade de São Paulo; Preferimos não apontar um endereço específico. Caso algum autor ...

    Saiba mais

PERGUNTAS FREQUENTES


Paga-se alguma coisa para publicar o conto no livro?
O autor se compromete a vender 20 exemplares do "King Edgar Palace" em um período de 30 dias após o lançamento do livro, que ocorrerá em outubro de 2017. O valor de cada exemplar será R$ 21,90.

Qual é o limite de caracteres para o envio do conto?

O conto deve ter até 10.000 caracteres COM espaços para ter a cota explicada no item acima. Caso o texto seja maior, a cota será recalculada: de 10.001 a 15.000 caracteres = 30 livros; de 15.001 a 20.000 caracteres = 40 livros, e assim sucessivamente. IMPORTANTE:A Andross concede ao autor crédito de apenas 20 exemplares para pagamento um mês após o lançamento. Qualquer exemplar excedente deve ser quitado antecipadamente, na assinatura do contrato, por depósito bancário.

E se eu quiser pagar a cota toda antecipada. Tenho alguma vantagem?
Sim. Além da cota de 20 livros, você recebe GRATUITAMENTE mais 4 exemplares.

Qualquer escritor pode enviar um conto para participar?

Somente escritores que já publicaram anteriormente com a Andross Editora poderão participar desse livro.

Tenho que usar todos os personagens fixos?

Não. Use-os se precisar, mas não é obrigatório.

Posso matar personagens fixos ou alterar suas histórias?

Não. Você só tem esse tipo de controle sobre personagens criados por você. Mas você pode complementar a história de um personagem.

Posso destruir o hotel como foi feito no final do livro King Edgar Hotel?

Não, isso está proibido.

Posso combinar previamente alguns pontos do meu conto com outro autor que participará da antologia, de modo a ter referências de um conto no outro?

Sim, isso é totalmente possível

Sou obrigado a mudar meu conto conforme orientações dos organizadores?

As alterações sugeridas pelos organizadores têm a finalidade de amarrar as tramas paralelas de outros textos e criar pontos de convergência entre os contos, mantendo, assim, a unidade do livro. No caso de qualquer dúvida a esse respeito, fale diretamente com os organizadores para entender melhor a finalidade das mudanças.

Posso enviar mais de um conto?

Pode. Para ajudar o autor, a Andross concede um abatimento de 10 exemplares na cota de de um conto aprovado para publicação. Porém, essa cota reduzida deve ser quitada na assinatura do contrato por depósito bancário.